fbpx

Moda do bem

por | 11 ago, 2020

Moda do bem

Em tempos de crise financeira, o mundo da moda tem proporcionado ótimas oportunidades para várias pessoas driblarem o desemprego e descobrirem uma grande paixão.

Um exemplo bem-sucedido é o projeto “Remexe Favelinha”, que ensina moradores da Fazendinha, no Aglomerado da Serra, a reaproveitarem roupas antigas e usadas, transformando-as em novos modelos, com muita criatividade e descontração. 

O curso ensina as pessoas a desenvolverem novos modelos de roupas, a partir do acervo que recebem de doações de confecções, lojas e brechós de Belo Horizonte, desenvolvendo novas aptidões nos moradores, oferecendo mais um campo de trabalho.

“Sabemos do alto índice de desemprego nas famílias, por isso nosso foco é gerar trabalho e renda para a comunidade. Já fizemos curso de culinária, empreendedorismo, e agora oferecemos reciclagem de roupas voltada para a moda. Precisamos ajudar as famílias a se sustentar, já que há poucos recursos até mesmo para os estudos. Sempre pensamos em novas oportunidades e ideias para dar um caminho para as pessoas daqui”, explica Kênia Carvalho, coordenadora da unidade.

A marca FibStore, também engajada, criou um projeto para bordadeiras mineiras abrirem cooperativas que garantam renda extra para as suas famílias. Com loja no Rio de Janeiro, atende os mercados nacional e internacional e conta com peças com bordados exclusivos de Minas Gerais.

A estilista ítalo-brasileira Roraine Zanetti foi criada em Minas e sempre valorizou o trabalho das rendeiras e bordadeiras locais. “Percebemos que podíamos ajudar essas mulheres a garantirem uma renda extra para suas famílias. Desenvolvemos um projeto para que elas abrissem uma cooperativa.

Hoje participam donas de casa que trabalham meio expediente na cooperativa”, explica a empresária Irma Alves, afirmando que, atualmente, 100% da produção é comprada pela FibStore. “A ideia é que elas possam também vender para outras marcas. Estamos dando suporte neste processo”, completa Irma. 

A cooperativa fica no município de São João del-Rei e tem a pretensão de ajudar ainda mais famílias locais. “Desenvolvemos padronagens exclusivas. Criamos bordados para cada tipo de peça para garantir exclusividade nas nossas peças. O trabalho delas é maravilhoso”, afirma Irma, acrescentando que a mais recente coleção conta com vestidos, blazers e novas peças de veludo que destacam esses bordados.

O melhor das roupas é justamente isso! Elas não servem apenas para nos cobrir. Trazem beleza, autoestima, segurança e mudam a nossa rotina. Quando aliadas a projetos tão bacanas e do bem, ficam ainda mais irresistíveis. Uma forma de ajudar as pessoas, descobrindo novos e grandes talentos para esse mundo tão encantador da moda.

Talvez você goste também:

O divisor de águas da minha carreira!

O divisor de águas da minha carreira!

A moda sempre me encantou e despertou muito interesse, pois nunca consegui enxergá-la apenas como roupa, mas como voz para que me apresentasse da forma como gostaria que as pessoas me percebessem. Com o passar do tempo, muito estudo, dedicação e experiência, fui cada...

Detalhes para um dia ainda mais especial

Detalhes para um dia ainda mais especial

No dia do casamento, a noiva é, mais do que nunca, o centro de todas as atenções. É imprescindível que esteja linda, mesmo porque sua imagem será eternizada nas fotos que serão vistas ao longo da vida. Recebo muitos contatos com dúvidas de como a consultoria de imagem...

Moda e comportamento – Parte II

Moda e comportamento – Parte II

Há um ano, escrevi a minha primeira coluna aqui no jornal. Incrível poder compartilhar com vocês um pouco do meu trabalho. Para marcar a data, relembro as frases que mais geraram retorno e dúvidas nas minhas redes sociais. Continuo aguardando o contato de vocês para...

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *